Jogo rápido com a maratonista Thaís Barros

A securitária Thaís Barros Vasconcellos, de 35 anos, começou a correr em 2011. Em 2015 conheceu a Inthegra, que atendia a empresa onde trabalha. Em 2017 a Inthegra deixou de atender es empresa, mas Thaís, que já havia feito progressos na corrida não abriu mão da assessoria. Este ano, no Rio, fez sua primeira maratona e já sonha dar vôos mais altos. Confira!

Como foi sua evolução nas distâncias até chegar à maratona?

Fiquei nos 5K por muito tempo. Queria melhorar o tempo nessa distância. Depois de algum tempo fui para os 10K e só em 2015 comecei a fazer distâncias maiores. Em 2016 fiz minha primeira meia maratona e agora em 2018 a tão sonhada maratona.

 

Acha que a assessoria é essencial para manter sua motivação lá em cima?

Com certeza a assessoria ajuda a manter a motivação, o comprometimento com os treinos e a ter sempre alguma prova-alvo. Desta forma não perdemos o foco nos treinos.

 

Mira alguma prova especial? Qual o seu sonho nas corridas?

Nunca havia pensado em fazer uma maratona, mas através da Inthegra vi que seria possível. Este ano fui lá e fiz! Sou maratonista. Agora meu objetivo é melhorar o tempo na maratona e quem sabe no futuro fazer uma ultra!

 

Encontra alguma dificuldade para conciliar treinos, família e trabalho?

Sempre é complicado conciliar o trabalho, a família e os treinos, mas temos sempre que arrumar um tempo para treinar. Esse ano durante os treinos para a maratona, estava envolvida em um projeto na minha empresa que demandava muito do meu tempo, mas mesmo com toda correria e reuniões diárias, sempre arrumava uma forma de ir treinar. Quando realmente queremos, damos um jeito, caso contrário, arrumamos uma desculpa.

 

Como a corrida interfere na sua vida? Ânimo, força, disposição…

Através da corrida, fiquei muito mais focada e determinada. Apesar do cansaço, sempre fico muito mais disposta depois de um bom treino.